• Luiz

Decisões

E quando decidimos mergulhar a cabeça na areia pra ver tudo cor de rosa?

Tantas desculpas pra não assumir seu roteiro,

Desculpas que se pode até engolir sem farinha não faltam,

que grande decisão!

Dever ser confortável ser coadjuvante, sempre no rodapé da vida

que ainda pode ser sua, acredite…

Não tema abrir esse presente que tem no colo,

o livre arbítrio,

que ela não seja sua caixa de pandora particular,

nossos erros nos adornam com sabedoria, se decidir aprender com eles!

6 visualizações0 comentário
 
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

©2020, Literatura Errante®, por Instituto dos Artistas Errantes.