Prefácio, Prólogo, Epílogo e Posfácio

Nos livros que nós lemos, frequentemente o começo e o fim têm um nome diferente (prólogo, epígrafe, prefácio, posfácio), e isso muitas vezes confunde as pessoas, não só os leitores como até alguns autores. Para sanar tais dificuldades, trazemos uma breve, embora eficaz explicação:


PREFÁCIO:

Deve ser inserido no início do livro e vem antes do Prólogo.

Pode ser escrito pelo próprio escritor ou por outra pessoa que leu o seu livro/original. É um texto onde você ou outra pessoa dão sua opinião sobre a obra.


PRÓLOGO:

Se encontra no começo do livro.

Pode escrever uma cena que antecede sua história ou uma cena que ainda ocorrerá (descrevendo ela em detalhes no Prólogo sem precisar conta-los no meio da história ou vice e versa).


EPÍLOGO:

No caso de finalizar, de vez, sua história, o Epílogo é usado para narrar um fato depois do fim.


POSFÁCIO:

Como o próprio nome já diz, é quase o mesmo que Prefácio, porém, vem ao final do livro, onde o escritor ou outra pessoa diz o que achou da obra, uma explicação de seu próprio ponto de vista.


11 visualizações1 comentário
 
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

©2020, Literatura Errante®, por Instituto dos Artistas Errantes.