Não me deixe acordar

O paraíso é tão lindo

Por favor, não me deixe acordar

Me deixe ficar por aqui,

Eu não quero voltar


Ouço pássaros a cantar

Olho pro céu e vejo aves a passar

Voando livre por predestinação

O meu destino é a prisão


Por favor me dê um pouco mais

Da tua carne, do teu amor

Me mantenha entorpecido, sonhando

Assim não posso sentir dor


A vida real é vazia

Não sou vazio, mas não sou feliz

Eu já perdi metade da minha vida pro futuro

E só estou vivo por um triz.


Ruan Vieira

24 visualizações6 comentários

Posts recentes

Ver tudo
 
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Tumblr

©2020, Literatura Errante®, por Instituto dos Artistas Errantes.