Quem sou?

Quem eu sou?

Às vezes me pego pensando,

Procurando essa resposta,

Tão simples e tão complexa,

Mas não há encontro em mim.


Encontro nos outros.

No bom-dia que dou ao vizinho,

No carinho que dou a minha mãe,

Aos meus amigos, meus irmãos.


Eu estou no meu comportamento.

No momento que abro meu peito,

E pego pra mim parte da sua dor,

Ali eu sei quem sou,

E sou humano.

Sobre o Autor:

Pernambucano, ator, produtor cultural e escritor, Luiz Alladin escreve versos desde a infância, influenciado pela família, mas entrou de cabeça mesmo na literatura quando largou a faculdade de ciências contábeis e começou a frequentar os saraus. Hoje ele se dedica em escrever seus textos e a produzir eventos culturais na região onde vive, no interior de Pernambuco, preservando espaços de cultura de resistência.

20 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Silêncio

A Palavra