Sobrevivente


Foto de uma mulher negra, forte
(Foto de Meghan Holmes)

Sobrevivo

Na selva de pedra

No meio das trevas

No cheiro da fome

No suor escorrido

Do povo sofrido


Sobrevivo

Entre gritos sufocados

Olhares alienados

Mãos feridas

Pés rachados

Corpos ultrajados


Sobrevivo

Porque quero acreditar

No despertar de um povo

No levantar das vozes

No fim do preconceito

Na justiça sem viés do dinheiro


Sobrevivo

Resistência

Resiliência

De um povo maltratado

Com dinheiro contado


Sobrevivo

Nas noites frias

Das ruas quase vazias

Com meu grito abafado

E meu corpo dilacerado



Sim, sobrevivo

Por todas mulheres caladas

Pelas crianças subjugadas

Pelos corpos desrespeitados

Pelas almas usurpadas

Sim, sobrevivemos


Sobre a Autora:

Jussara Helene Martins, Odontóloga, Terapeuta e Escritora, sua alma livre permite permear por áreas tão distintas com leveza e alegria.

Atualmente reside no Litoral Norte de São Paulo, local que muito influenciou em seu posicionamento perante a vida, refletindo profundamente na escrita.


Texto revisado por: Pamela Augusto

104 visualizações17 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Silêncio

A Palavra