Versos Existenciais

Não poderia Ser

Porque nada sou

Não acabei de Nascer

Em meu nascimento ainda estou


Nascer leva tempo

Ainda estou engatinhando na vida

Ainda estou aprendendo

E minhas ideias ainda estão sendo construídas


Não faço ideia do que vim fazer aqui

Mas quem é que sabe?

Talvez não seja possível saber

Porque não se encontra o que não se pode achar

E não se acredita no que não se pode ver.


Sobre o autor:

Clenisson Ruan dos Santos Vieira, mais conhecido por Ruan Vieira, nasceu em Aracaju e mora em Propriá, município de Sergipe. Tem 19 anos e escreve desde os 5 anos. Além de escrever poesias, também compõe e escreve contos. Participou de dois concursos de Poesia, tendo alcançado o 3° lugar e levado um troféu para casa no primeiro, e no segundo concurso, um evento comemorativo em homenagem aos 300 anos da Paróquia da cidade, ficou em 1° lugar. Sempre presente em sua vida, leitura e escrita é um talento cultivado em família, o seu pai também escrevia na juventude. Porém Ruan, pretende continuar escrevendo até envelhecer.

20 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo
 
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Tumblr

©2020, Literatura Errante®, por Instituto dos Artistas Errantes.