top of page
  • Foto do escritorAlladin

Fome


Cartaz com os dizeres "Sem Justiça não há paz"

Vocês acreditam em assombração? Não! Então... Eu mesmo acredito e até vi uma terrível assombração, várias vezes. Era uma entidade tenebrosa! Oí, ela tinha os olhos fundos que pareciam olhar pra você no desespero grande. A coisa também era chupada, tão chupada que dava pra se contar os ossos. Pense numa coisa tenebrosa! Ela vinha à noite, junto com o frio, seus passos nem se davam pra ouvir. Era igual cobra! Num fazia nenhum barulho, só sentia sua presença quando era tarde demais.

Meu cumpadi! Aquela criatura tirou meus amigos, meus parentes, até meu amor do mundo dos vivo. Eu sobrevivi foi por pouco... Aquela criatura me seguiu em todos os lugares que passei! Pensei que me escondendo na capital, ela não viria atrás, mas quanto eu mais andava, a via nos becos, calçadas, em morros. Eu vi muita gente possuída por aquela entidade! Com olhos fundos, chupadas... Percebi que aquela coisa não se alimentava mais só do povo do meu sertão...

Todos que eu encontrei tinham medo de dizer seu nome, dava pra ver o desespero nos olhos tristes, esperando o Estado mandar algum exorcista ou algo do tipo pra derrotar aquela entidade. Você pode até achar que isso é invenção da minha cabeça, que essa coisa não existe. Mas, meu amigo, ela existe, sim! E, ainda, anda atacando muita gente, nesse mundo. Você pode até ter visto ela, só não sabe ainda qual é o seu nome. Mas vou te dizer o nome dessa entidade. Ela se chama... FOME!

 

Sobre o Autor:

Pernambucano, ator, produtor cultural e escritor, Luiz Alladin escreve versos desde a infância, influenciado pela família, mas entrou de cabeça mesmo na literatura quando largou a faculdade de ciências contábeis e começou a frequentar os saraus. Hoje ele se dedica em escrever seus textos e a produzir eventos culturais na região onde vive, no interior de Pernambuco, preservando espaços de cultura de resistência.

 

Revisão: Pablo Gomes



7 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Terror

Post: Blog2 Post
bottom of page