top of page
  • Foto do escritorAlladin

Terror


Cartaz com os dizeres "Sem Justiça não há paz"
Freddy Krueger - Toy Collection - Photo : Kike Borland (Pexels)

Terror é acordar de manhã cedo e não ter uma bolacha pra engolir. É pegar um ônibus lotado, sem onde segurar e saber que a cada parada mais gente vai entrar. É saber que perdeu a hora do trabalho, por ter que estudado até tarde, e ainda ter que ouvir que o patrão dizer que a gente tem que ser mais responsável, e quando não é isso é ele se gabando por o filho ter passado na federal por mérito próprio.

É foda, viu! A pessoa corre pra chegar cedo nessa merda pra ficar ouvindo esse filho da puta cagando regra, é pra se fuder! Manda o filhinho dele fazer esse corre todo dia. Ter que acordar quatro da manhã pra pegar a primeira condução lotada, pra na terceira chegar aqui e quando sair daqui ter que pegar mais duas pra chegar na hora certa do cursinho. Manda! Quero ver esse viado passar na federal assim! Ele não é um gênio? Vai fazer isso!

Terror é ver o carro da polícia vindo em sua direção quando você volta do cursinho, e ver seu coração a cada metro mais perto acelerando, e você se perguntando, será que tou com droga? E quando chegar em casa quase todo cagado de medo, ouvir o tiroteio na rua de baixo e ficar agradecendo que desse vez deu tempo de chegar. Vai! Pergunta se o filhinho teve que passar por isso! Se ele já teve medo da polícia vindo em sua direção. Se perdeu o sono por causa de um tiroteio. Manda ele vim passar uns dias aqui! Vê se ele aguenta tendo que fazer sua própria comida. Aliás, ele sabe fazer?

Terror é acordar embaixo do temporal com a água invadindo a cozinha, e você acordando atormentada com medo de a água levar a tv. É foda! E ainda por cima quando você sabe que dela nem venceu a segunda parcela. E ai?! Vai perder? É Tentar botar ela no canto alto, arrastar fogão pro quarto. A filha acordando, gritando com medo dos trovões, aí você corre pra acalmar ela. Pense na agonia! E ainda por cima sabendo que amanhã vai ter que faltar no trabalho, por que é certeza que a escola vai alagada, e a menina não vai ter com quem deixar. Vai? Manda a patroa segurar esse rojão! Ter que ver de ano em ano as suas coisas indo pela correnteza que a vida vai empurrando. Não, pera! Manda ela pelo menos passar um dia cuidando dos filhos dela, igual a gente faz todo dia. Ela tendo que pegar, mandar tomar banho, às vezes dar banho. Pentear o cabelo, passar a roupa, fazer comida, ajeitar a bolsa, levar pra escola, depois arrumar a casa e ir buscar a criança depois. Vai? Manda! Vê se ela aguenta!

Terror é saber que a contas vão chegar e o salário foi cortado porque você teve esses imprevistos todos. E aí?! você acha mesmo que terror é essas merdas que hollyood faz? Vem aqui oque é terror de verdade.

 

Sobre o Autor:

Pernambucano, ator, produtor cultural e escritor, Luiz Alladin escreve versos desde a infância, influenciado pela família, mas entrou de cabeça mesmo na literatura quando largou a faculdade de ciências contábeis e começou a frequentar os saraus. Hoje ele se dedica em escrever seus textos e a produzir eventos culturais na região onde vive, no interior de Pernambuco, preservando espaços de cultura de resistência.

 

Revisão: Tatiana Iegoroff

 

#DiaDoOrgulhoNerd (25 de maio)

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2 Post
bottom of page